terça-feira, 28 de junho de 2011

Truque: Cintos

Cinto fininho, cinto largo, cinto médio... Está aí um acessório que não fazia parte do meu guarda-roupa, teve seu tempo de aceitação, adaptação e agora muitas vezes é fundamental. E vejo que não sou só eu, às vezes bate aquela dúvida de como coordenar, se ajuda a valorizar ou estraga a produção, não é mesmo? Pensando nisso, o post de hoje é para desvendar este acessório precioso que não serve (mais) somente pra segurar a calça ou o short no lugar.

Cinto fininho para marcar a cintura: invade menos espaço no visual e marca a cintura sutilmente, por esse motivo pode ser considerado o mais elegante e o mais “assertivo” dos modelos. Pois para quem não sabe por onde começar nesse assunto? Comece por um cinto fino = valoriza sempre! Pode ser utilizado para acinturar os tricôs, casacos leves, vestidos retos, ou seja, para dar forma.
Cinto fino para demarcar a silhueta: além de apertar a cintura pode aparecer na composição como um acessório para enfeitar o styling, determinando sua silhueta (até onde vai seu tronco e suas pernas). Se o visual ficar dividido em duas partes? Opte por looks monocromáticos, com destaque na cor do acessório/cinto ou use a cor do cinto combinando com alguma cor da sua roupa.

Cinto médio é o mais usado: é mais casual, e continuamos apostando no acessório para marcar a cintura com peças de roupas mais grossas/pesadas ou mais estampadas. Além disso, a espessura média é mais firme e garante uma força extra para quem quer apertar um pouquinho a cintura. Este modelo é perfeito para as mulheres que tem cintura = formato de corpo ampulheta.

Cinto largo pode ser o mais perigoso: cinto largo chama muita atenção onde “não” precisa ou tira as suas curvas, por isso perigo! Se você não for muito magra ou formato violão (muita cintura)? É melhor escolher outro modelo de cinto. Esse tamanho é usado para causar impacto no visual, é o principal item do look, não tem como deixar de reparar. E para não acabar com você, a produção tem que ser feita com cuidado. Os modelos médios de volta dupla entram nessa categoria, e para não errar a mão, dê preferência para cores neutras.

E para finalizar, vale resumir algumas “regrinhas”:

1. Quem tem quadril largo e quer disfarçar, o ideal é optar por cintos na cintura ou um pouco mais acima, logo abaixo do busto.
2. Para quem é magrinha e quer parecer mais “violão”, use cinto no cós da calça.
3. Cuidado ao usar cintos muito largos, eles “cortam” o tronco, por isso prefira os médios ou mais fininhos.
4. Para quem é alta vale usar o cinto mais baixo, meio que na altura do ossinho do quadril.
.

3 comentários:

  1. adorei como sempre impecável!!!

    BEIJOSS

    ResponderExcluir
  2. Leticia Almada Dalprá30 de junho de 2011 14:35

    Obrigada!! Trabalhamos/gostamos disso.. bjo.

    ResponderExcluir
  3. dicas preciosas! adorei tb!

    ResponderExcluir