quinta-feira, 19 de abril de 2012

Cap toe


Adoro aprender o ''porquê'' das coisas, ou seja, o motivo/explicação disso ser feito assim ou assado, rs. Por isso quando começo a ver ''referencias/tendências'' se repetindo por aí, quero saber da onde vem.
Criado na década de 50 por Coco Chanel, o cap toe é considerado um clássico e promete subir a temperatura com seu retorno triunfal ao cenário fashion.
Em versões modernas, ele foi reinventado por diversas marcas (já vi Arezzo, Shoestock, Santa Lolla e outros) e conquistou o gosto das antenadas. Bico arredondado, fino, quadrado, salto alto ou baixo. Quanto ao tipo de calçado, não há regras, mas para ser um cap toe é preciso ter a frente fechada e a ponta de com cor diferente do restante do calçado.
O modelo bicolor tradicional, tem a combinação das cores bege e bico (verniz) preto. Mas, para combinar com o closet da mulher contemporânea, nesta estação, ele vem em versões mais despojadas, texturas e acabamentos diferenciados e cores contrastantes.
Sabe o melhor? Além de sofisticado e elegante, o sapato em duas cores traz a ilusão de pernas alongadas – principalmente, quando a ponta é de cor clara. As baixinhas que não dispensam um salto podem se deliciar! Eu já tive/tenho a minha, rs.

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Camisa meio presa: Mania ou tendência?

Mania ou tendência? Não sei? Sei lá? Há algum tempo faço uso desse recurso, disfarce ou ilusão de ótica nas minhas e suas produções ( e clientes!).
Prender a pontinha da camisa na parte de baixo da produção virou mania entre as fashionistas que fazem dos detalhes truque de estilo por aí a fora. Usar a parte de cima, assim meio presa meio solta é uma dica preciosa para quem também quer dar uma bossa ao look diário.
Simples e fácil, não há regra! Funciona para qualquer silhueta (espelho/bom senso são sempre seus melhores amigos). Usar tudo por dentro pode trazer volume para o quadril e aumentar ombros, já quando é tudo por fora pode trazer volume (quadrado), encurtar pernas e esconder a cintura. Ui! Quando prendemos a pontinha na parte de baixo, a assimetria proposital dá a sensação de movimento e a cintura é delineada. A parte presa pontua onde começa tronco e pernas e a parte solta alonga/emagrece para quem que disfarçar.
Vale prender a parte da frente toda e deixar atrás solta ou prender de ladinho, como as antenadas na montagem acima. Se joga!

Fonte: Stilochic.

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Tom de inverno: burgundy



Para minha felicidade, se tem uma cor que promete invadir os nossos dias frios com glamour e uma pitada de requinte, é o burgundy (Borgonha) ou como também chamamos por aqui, cor de vinho. O nome vem devido a uva da região de Borgonha (França), por conta do vinho burgundy servido por lá.
Fato é que esse tom de vermelho escuro subiu nas passarelas e conquistou as fashionistas do lado de lá, que andam apostando na cor para compor o seu visual. Produções lindas e quentes, para serem copiadas/recriadas e usadas até exaustão. A cor de “vinho” fica ótima combinada ao mostarda, dourado e com os tons neutros preto, cinza, marinho, bege e branco. Vale também misturar a cor com estampas animals prints e listras.


Nem é preciso esperar o inverno chegar para usar, viu?! Podemos começar já! De forma leve, com o primeiro friozinho/vento que chegar. Delícia! rs.